Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/11737
Document Type: Monografia
Title: O enigma do espaço-tempo : considerações sobre a relação material entre a aceleração do mundo e a pós-modernidade
Authors: Alves, Victor Hugo Andrade
Issue Date: Feb-2019
Advisor: Barbosa, Ivan Fontes
Resumo : Este trabalho consiste em demonstrar a relação material entre a aceleração do mundo e a pós-modernidade. A aceleração do mundo acontece no fenômeno de compressão do espaço-tempo, sendo este é gerado a partir das transformações tecnológicas que acabam por criar condições materiais possíveis para uma construção de sistemas de comunicação e transporte a nível global numa velocidade nunca vista. Esse processo acarreta efeitos profundos no sentido o qual o homem percebe o mundo e o espaço-tempo. A pós-modernidade é uma condição na qual o efêmero, o caótico e o historicamente descontínuo tornam-se dominantes nas relações sociais e na maneira de se perceber o mundo – não existem mais metanarrativas da quais precisamos seguir, tampouco há um objetivo final para que dê sentido a este estado de eterna mudança, caberia então ao homem aproveitar o estado presente contínuo que o mundo pós-moderno oferece, reforçando sua pluralidade e a diferença contra ideias como a uniformidade, a teleologia e a história. O problema que nossa pesquisa procurou responder foi: Qual a relação entre a compressão do espaço-tempo e a pós-modernidade? Onde se dá sua convergência? O método teórico utilizado foi o materialismo-histórico-geográfico, sendo necessário não só levar em conta a questão temporal, mas também o espaço, para se chegar a verdades históricas e geográficas, como diria David Harvey. Posteriormente, baseado no desenvolvimento dos três tópicos, procuramos incorporar a tese de que a condição material é dominante (em primeira instância) para a produção do sentido que o homem e sua sociedade tem sobre o espaço- tempo. A pesquisa foi de caráter teórico, baseado na pesquisa bibliográfica. Chegamos então a conclusão que a mudança do caráter de acumulação do capitalismo, do fordista para o flexível (a partir da processo de libertação do capital pelo globo) transformou o sentido do espaço-tempo para o homem, gerando na superestrutura a condição de efemeridade, fragmentação e instabilidade, condição esta da qual a pós-modernidade é formada.
Abstract: This work consists in demonstrate the material relation to the acceleration of the world and the condition of post-modernity. The acceleration of the world happens with the phenomena of the space-time compression, with this being generated on behalf of the technological transformations which ends up creating possible material conditions for construction of communications and transport systems in a global leve at a speed never seen before. This process generates deep effects in the sense which men perceive the world and space-time. Post-modernity is a condition which the ephemeral, the chaotic and the historically discontinuous become dominant on the social relations and the way it sees the world – there is no more metarratives that we can follow anymore, neither we have a final goal which gaves sense to this state of eternal change. To mankind, the only option which remained is to enjoy the continuous present condition which the postmodern world offers, reinforcing its plurality and difference against ideias such as uniformity, any kind of teleology and even history itself. The problem that our research sought out to answer was: What's the relation between the time-space and post-modernity? What are the convergences? The theoretical method used was geographical-historical- materialism, with it being necessary not only taking into account the time question, but space as well, to get to historical and geographical truths, as David Harvey said. Posteriorly, based on the development of the three topics, we sought to incorporate the thesis which the material condition is dominant (at first instance) for the production of meaning which man and his society has about space-time. This was a theoretical research, based on bibliographic research. Our conclusion is that the change in the character of capitalist accumulation, from fordism to flexible (starting with the process of liberation of capital to dominate the globe) transformed the meaning of space-time to man, generating in the superstructure the condition of ephemerality, fragmentation and instability which the condition of post-modernity is formed.
Keywords: Ciências sociais
Ensino de ciências sociais
Serviço social
Pós-modernidade
Space-time
Post-modernity
Acceleration
Subject CNPQ: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Department: DCS - Departamento de Ciências Sociais – São Cristóvão - Presencial
Citation: Alves, Victor Hugo Andrade. O enigma do espaço-tempo : considerações sobre a relação material entre a aceleração do mundo e a pós-modernidade. São Cristóvão, SE, 2019. Monografia (graduação em Ciências Sociais) – Departamento de Ciências Sociais, Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2019
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/11737
Appears in Collections:Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Victor_Hugo_Andrade_Alves.pdf458,26 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.