Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/3162
Document Type: Dissertação
Title: O candomblé xoroquê em Alagoas : uma introdução ao estudo dos símbolos nos espaços rituais do terreiro de Pai Manoel
Authors: Santos, Vanessa Silva dos
Issue Date: 30-Aug-2013
Advisor: Sogbossi, Hippolyte Brice
Resumo : A presente dissertação tem por objetivo etnografar os símbolos rituais nos diferentes espaços de cerimônias do Candomblé de Xoroquê, situado em Maceió-AL. Toma-se como ponto de partida, a importância assumida por esses elementos na composição dos dois espaços rituais da casa, tendo em vista que essa dinâmica se mostra essencial na legitimação do terreiro como culto de Candomblé, que se identifica, distinto das casas de Umbanda. Centraliza-se nessa análise a organização do terreiro, segundo a lógica de separação dos ritos, tendo em vista que existe um barracão no qual acontecem somente os ritos dos orixás, e outro reservado às entidades umbandistas. O caminho metodológico compreendeu o trabalho de campo e a análise etnográfica, acreditando que estas são ferramentas primordiais na compreensão da aparente ambiguidade demonstrada pela casa, no que tange à construção de suas identidades religiosas. Visto que decompor as variáveis utilizadas na estruturação religiosa do terreiro de Ogum Xoroquê se efetiva a partir da convivência e participação com o grupo pesquisado, momento no qual se presencia a rotina e interpretação dos fiéis para suas ações cotidianas nos espaços do templo. Dessa forma, analisar a função assumida pelos símbolos em cada um dos diferentes ritos, surge como parte fundamental na apreensão do caráter complementar dos dois espaços e, consequentemente, entre os deuses das duas religiosidades. Com base nisso, é possível considerar que as entidades umbandistas desempenham papel central, além de sua complementaridade, em relação ao barracão dos orixás. Sendo, por esta razão, indispensáveis na preservação e manutenção da morada dos deuses africanos. Contudo, para o pai de santo da casa, Manoel Xoroquê, bem como aos seus filhos, designar-se socialmente como Candomblé é validar a autenticidade do terreiro segundo sua legítima ancestralidade africana. No entanto, as práticas cotidianas esclarecem, conforme presenciado, que os espaços recebem igual atenção por serem de suma importância dentro do que para os praticantes compõe as práticas religiosas da Casa de Xoroquê.
Abstract: This research presents an ethnographic investigation into symbols used in rituals which are in different spaces of the ceremony of Candomblé de Xoroquê located in Maceió, Alagoas, Brazil. As starting point, the research presents the importance assumed by these symbolic elements in the composition of the two ritual spaces of the house (the location where the ritual works), considering this dynamic is shown essential in legitimizing the |terreiro| as Candomblé spaces to worship, that is distinct from Umbanda´s houses. The analysis on this is centered on the organization of the |terreiro|, according to the logic of organization of the ritual, as there a big shack in which only happen rites of the orishas, and other reserved to the umbandists entities. The methodology included the fieldwork and the ethnographic analysis, believing that these tools are essential to understand the apparent ambiguity shown by the house. Whereas that decompose the variables used at religious structure of the |Terreiro Ogun Xoroquê| becomes effective from the coexistence and participation with the studied group, at the routine presence and interpretation of the faithful towards their daily actions in the spaces of the temple. Therefore, to analyze the role assumed by the symbols in each of the different rites, emerges as a key part in the apprehension of the complementary character of the two spaces, and consequently among the gods of the two religiosities. Based on this, it is possible consider that the Umbandists entities performs a complementary role relative to the big shed of the orishas. Being, therefore, essential in the preservation and maintenance of the home of the African Gods. However, for the Holy Father´s house, Manoel Xoroquê, as well as their children, designate themselves socially as Candomblé is to validate the authenticity of the |Terreiro|, according to their African ancestry. However, the daily practices clarify that the spaces receives the same attention because they are utmost importance in the religious practices of the house of Xoroquê.
Keywords: Antropologia
Candomblé
Umbanda
Cultos afro-brasileiros
Simbolismo
Ritual
Casa de Xoroquê
Afro-Brazilian cults
Alagoas (Brazil)
Anthropology
Candomble (Cult)
Ritual
Symbolism
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA
Language: por
Program Affiliation: Pós-Graduação em Antropologia
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/3162
Appears in Collections:Mestrado em Antropologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VANESSA_SILVA_SANTOS.pdf4,66 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.